quarta-feira, 24 de dezembro de 2008


Ho ho ho! Jingle bell, jingle bell, jingle bell rocks! Seguindo o clima de Natal que tomou conta do mundo todo XD, uma lição natalina x].

Antes de falar do Natal, o Nippon no saijitsu (feriado), ou feriados nacionais japoneses, para vocês:

1º de janeiro

Ano Novo

15 de janeiro

Dia da Maioridade

11 de fevereiro

Dia da Fundação Nacional

~ 21 de março

Dia do Equinócio de Primavera

29 de abril

Dia do Verde

3 de maio

Dia da Constituição

5 de maio

Dia das Crianças

15 de setembro

Dia de Veneração aos Anciãos

~ 23 de setembro

Dia do Equinócio de Outono

10 de outubro

Dia de Educação Física

3 de novembro

Dia da Cultura

23 de novembro

Dia de Ação de Graças
(aos trabalhadores)

23 de dezembro

Aniversário do Imperador

~ significa que o evento ocorre próximo à data indicada.

Assim, alguém viu o Natal? XD Isso mesmo, o Natal no Japão, não é considerado um feriado nacional. O Natal é apenas uma data importada. Como apenas 1% da população japonesa é cristã, poucos consideram o dia 25 de dezembro como feriado religioso.

Porém, como vocês podem notar o imperador Akihito, atual imperador, nasceu no dia 23 de dezembro, e é uma tradição transformar o aniversário do imperador em um feriado nacional. Por isso, atualmente, surgiu um grande boom na indústria natalina japonesa. Com isso, no Japão, o Natal representa apenas mais uma data para uma troca de presentes, uma ocasião social.

Natal em família

Há, atualmente, uma desaceleração da economia japonesa, o que impede que muitas pessoas façam comemoração luxuosas, como era feito até final da década de 80. Assim, a festa de Natal passou a ser mais direcionada aos lares familiares.

É comum que os japoneses reúnam os amigo para fazer um karaokê (ô povo que gosta de cantar!), trajando roupas informais e com uma decoração feita pelas próprias pessoas da casa. É a “festa do lar”.

Um local da moda para passar a véspera do Natal é a Disneylândia de Tóquio, que permanece aberta até 24 de dezembro, recebendo casais de namorados.


E as crianças?

Cerca de 70% dos pequenos japoneses entre os seis e dez anos dizem acreditar em Papai Noel. Segundo fontes seguras parece quem acreditam que o Papai Noel na verdade é um grande robô. Porém, encontrei histórias que na verdade, o papai Noel dos pequenos nipônicos seria um velho senhor, com a fisionomia parecida com o nosso Noel ocidental, que andaria com uma sacola e levaria as crianças que não se comportaram. Uma versão do “homem do saco” natalina. Acredito que pelo menos no Natal, nossas crianças são mais felizes ^^’.

Feliz Natal: Merii Kurisumasu \o/

Feliz Natal para todos! Sejam felizes...e comam muito peru...peru é MARA*

rsrsrs

=*



Ass:Máh.

Um comentário:

Kagomi Yaruka disse...

oI!
To passando pra te convidar a ler o blog Codinome Folk.
conta a história de um garoto 'comum' que vai descobrindo sua verdadeira identidade: um espião.
confira todos domingos em Codinome Folk
http://www.codinomefolk.blogspot.com/

por mim e meu colega Guilherme Carvalho. vale a pena conferir ;)